Outros Outros Esportes

Regras do corfebol

 
Juliana Ribeiro
Por Juliana Ribeiro. Atualizado: 4 maio 2023
Regras do corfebol

Existe uma grande variedade de esportes coletivos que promovem o trabalho em equipe e outra série de valores essenciais na idade escolar. O corfebol é um deles: é um esporte muito comum nas aulas de educação física em muitos centros educacionais porque tem a mesma riqueza que outros esportes coletivos em termos de estrutura funcional, mas ao qual se acrescenta outro componente fundamental, o desenvolvimento de valores.

É que o corfebol contém uma componente pedagógico essencial que é o equilíbrio entre alunos de sexos distintos e suas respectivas aptidões físicas diferenciadoras. Sendo um esporte alternativo e misto, está livre dos fatores sexistas que condicionam a prática de outros esportes coletivos. Para descobrir as regras do corfebol, além de sua história, no umCOMO recomendamos que você continue lendo este artigo.

Também lhe pode interessar: Tag rugby: o que é e regras
Índice
  1. Qual é a dinâmica de jogo do Corfebol
  2. História do corfebol
  3. Corfebol: regras
  4. Como é feita a marcação no corfebol

Qual é a dinâmica de jogo do Corfebol

O que é e onde se pratica o corfebol? Ele um esporte alternativo de origem holandesa, o principal fim no corfebol é colocar a bola em uma cesta, então o objetivo do jogo é muito semelhante ao do basquete. É classificado como uma disciplina esportiva de colaboração e oposição.

Seu funcionamento é semelhante ao basquete. Existem diferentes nomes para este esporte: korfball, balonkorf e coorball. Quanto ao conceito de korfball, ele é formado por duas palavras: "korf", que significa cesta, e "ball", que significa bola.

Portanto, corfebol refere-se ao jogo de bola e cesta, daí sua semelhança com o basquete. A maior particularidade desta disciplina esportiva é que se joga em duas equipes mistas compostas por 8 jogadores: 4 mulheres e 4 homens. Cada equipe deve marcar o máximo de pontos possível, introduzindo a bola na cesta adversária.

Esta cesta é elevada em um poste a 3,5 metros do solo. A prática do corfebol nas aulas de educação física em centros educacionais permite trabalhar diversos conteúdos inovadores, motivadores e que oferecem novas possibilidades do ponto de vista lúdico juntamente com a atividade física fora do ambiente escolar.

Regras do corfebol - Qual é a dinâmica de jogo do Corfebol

História do corfebol

Para conhecer a fundo a história do corfebol, é preciso voltar às suas origens: é quase tão antigo quanto o vôlei ou o basquete. Nasceu em 1903 na Holanda por um professor de educação física chamado Nico Broekhuysen, que queria criar um jogo em que homens e mulheres pudessem jogar ou competir em igualdade de condições.

O corfebol foi um esporte de demonstração durante os Jogos Olímpicos de Antuérpia e Amsterdã, em 1920 e 1928, respectivamente. Esta apresentação resultou na criação da Associação Belga de Corfebol. A aceitação internacional desta disciplina esportiva veio pouco a pouco, culminando após a Segunda Guerra Mundial. Bélgica e Holanda têm sido os países nos quais mais se pratica tradicionalmente.

Atualmente, o corfebol é aceito em várias partes do mundo. Em países como Austrália, Índia, França, Estados Unidos, Taiwan e Israel, é praticado ativamente. Além disso, diferentes manifestações recentes realizadas em países do Leste estão atraindo muito mais interesse público. É um esporte que já é reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), mas ainda não está incluído no programa olímpico.

Corfebol: regras

Você sabe quais são as regras do corfebol? Como qualquer outro esporte, tem uma série de regras nas quais se baseia e que você deve conhecer para saber jogar bem. São as seguintes:

  • O campo de jogo tem as seguintes dimensões: 20 X 40 metros. Está dividido em duas zonas, uma de ataque e outra de defesa. A um terço da distância da borda do campo, a cesta ou cesta de corfebol é colocada.
  • Cada jogo dura um total de 60 minutos. Este tempo é dividido em duas partes de 30 minutos. Entre os dois tempos, há um intervalo de 10 minutos.
  • As duas equipes são formadas por quatro homens e quatro mulheres. No campo de jogo, jogam dois homens e duas mulheres.
  • Cada equipe escolhe a zona em que quer defender e em que tem de colocar a bola no cesto.
  • A cada dois pontos ou cestas, os jogadores trocam de papéis. Ou seja, os defensores se tornam atacantes e vice-versa. Nesta troca, os atacantes não podem cruzar a zona de defesa.
  • Após o intervalo, as equipes trocam de campo.
  • Quais são as proibições do corfebol? É totalmente proibido o uso de força física, bloqueio e manuseio da bola com o pé ou com o punho.
  • O treinador pode alterar os seus jogadores a qualquer momento, mediante notificação prévia ao árbitro. A principal tarefa do treinador é promover uma atmosfera cordial e de equipe e criar táticas para vencer o jogo.
  • Apenas pessoas do mesmo sexo podem se enfrentar na defesa ou no ataque: uma mulher tem que defender outra mulher e um homem tem que defender outro homem.

Como é feita a marcação no corfebol

No corfebol, que é um esporte coletivo misto, a marcação é feita por meio de um sistema de defesa e ataque alternados, no qual cada equipe tem quatro jogadores e quatro jogadoras. O objetivo do jogo é marcar gols em duas cestas suspensas em cada extremidade da quadra.

As regras do corfebol exigem que um jogador defensor se posicione a uma distância de pelo menos 1 metro do jogador atacante que está tentando receber a bola. Se um jogador estiver marcando muito de perto, ele será penalizado com uma falta. Os jogadores também não podem tocar ou interceptar a bola com as mãos ou braços, o que significa que eles devem usar apenas o seu corpo para interceptar ou desviar a bola.

A marcação no corfebol é muito importante, pois ela ajuda a impedir que a equipe adversária marque gols. Para isso, os jogadores devem se comunicar bem e trabalhar em equipe para cercar o jogador com a bola e impedir que ele passe ou chute a bola em direção à cesta.

Além disso, a marcação no corfebol é uma técnica de defesa que permite aos jogadores desarmarem o adversário ou interceptarem a bola. Para isso, é necessário adotar uma posição defensiva adequada, manter a distância mínima permitida e ficar atento aos movimentos do jogador com a bola. Quando bem executada, a marcação pode ser uma das principais armas de uma equipe no corfebol.

Se você gostou de descobrir as regras do corfebol, te convidamos a conhecer mais sobre esportes e hobbies lendo nossos artigos sobre Como descobrir um hobby e Qual é o esporte mais antigo do mundo.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Regras do corfebol, recomendamos que entre na nossa categoria de Atividades esportivas.

Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 2
Regras do corfebol