Partilhar

Como evitar a fadiga muscular

 
Por Sara Viega. Atualizado: 8 fevereiro 2017
Como evitar a fadiga muscular

É uma pessoa ativa? Adora o esporte mas nota que se cansa muito? Sente que os seus músculos pesam, a respiração acelera e acaba abandonando os exercícios logo após começar a fazê-los, talvez seja porque sofre de fadiga muscular, algo muito comum em quem começa a treinar pela primeira vez.

Para não ficar com vontade de desistir antes de começar, no umCOMO queremos dar a você dicas sobre como evitar a fadiga muscular e ajudar você a fazer esporte da melhor forma possível.

Passos a seguir:
1

É necessário que entenda que fatores a causam e quais são seus sintomas para que esteja seguro de que realmente sofre deste fenômeno.

Uma das principais causas do aparecimento da fadiga é o exercício em excesso. Tanto se levantar muito peso como se levar o nosso corpo ao limite da sua própria tolerância, os nossos músculos podem dizer: stop!

Outra possibilidade da fadiga muscular é que não estejamos nos hidratando ou alimentando o suficiente ou de forma correta. Se não der ao seu corpo os ingredientes que precisa diariamente, ele não poderá devolver toda a energia que precisa para funcionar a 100%.

Seja qual for a causa da fadiga muscular os sintomas são os mesmos: sensação de cansaço (inclusive quando realizamos atividades simples e leves), sensação de peso nos músculos e pequenas dores nos mesmos, alterações do ritmo respiratório e cardíaco, falta de coordenação dos movimentos e desejo de desistir e ir descansar.

Em umComo.com.br também ensinamos a você como prevenir as cãibras musculares.

Como evitar a fadiga muscular - Passo 1
2

A primeira coisa que deve fazer é moderar o seu treinamento. Para evitar a fadiga muscular deverá se exercitar em sessões intensas mas curtas. Não é recomendável realizar exercícios de força intensos (como por exemplo, o levantamento de peso) por mais de uma hora. Isso dependerá de cada pessoa e o ideal é consultar um médico que o possa aconselhar individualmente e segundo as suas características.

Lembre-se que por mais que faça exercício de forma prolongada, os hormônios de caráter analógico que aumentam a massa muscular só serão liberados durante os primeiros 60 minutos, mais ou menos. Os músculos recuperam-se e fortalecem enquanto dormimos, por isso não se esforce tanto à toa.

Como evitar a fadiga muscular - Passo 2
3

Evitar a fadiga muscular é bem mais fácil se alongarmos adequadamente antes e após o exercício. Muitas pessoas costumam ignorar os alongamentos por preguiça ou porque não sabem o importante que são para evitar lesões desnecessárias. Também há quem não suporte a dor de alongar, mas é preciso aguentar alguns segundos!

Não alongar ou não o fazer corretamente provoca o aparecimento de uma dor muito incômoda nos músculos durante as horas ou dias após o treinamento, pois seus músculos estão ficando fracos por perder a sua capacidade de recuperar a posição inicial do exercício. Lembre-se: um músculo elástico é um músculo forte. Além de evitar a fadiga muscular, alongar evitará outras lesões como contraturas ou distensões.

Se quiser saber mais sobre os benefícios do alongamento, consulte o nosso artigo como evitar dores musculares.

Como evitar a fadiga muscular - Passo 3
4

Quando terminar seu exercício e tiver alongado corretamente, tome um banho. Um banho de água fria e morna de forma alternada logo após a atividade esportiva ajudará seus músculos a se recuperarem rapidamente. Se sua academia tiver piscina também é uma ótima opção: nadar tranquilamente por uns 10 ou 15 minutos relaxará os seus músculos e evitará a fadiga. Mas lembre-se: deve voltar a alongar quando sair do banho.

5

Beba muita água durante o seu treinamento. Mantenha o seu corpo hidratado e ele manterá os seus músculos ativos. Pode beber água ou bebidas isotônicas durante todo o tempo do treino, mas beba pouco a pouco, com goles pequenos.

Quando a sede aparece é um sintoma de que o corpo se sente desidratado. Os líquidos não poderão ajudar a regular a temperatura corporal e o corpo gastará mais energia para conseguir isso. Isso provoca um esforço excessivo que fará a fadiga muscular aparecer.

Como evitar a fadiga muscular - Passo 5
6

Alimente-se corretamente. Este conselho serve para quase todos os problemas que um ser humano possa sofrer e, no caso da fadiga muscular, não é diferente. Como já dissemos antes, beber água ou bebidas isotônicas é muito importante mas pode experimentar também o chá verde, pois é antioxidante e diminui a fadiga muscular e mental. A limonada é outra ótima opção: hidratará o seu corpo com muita vitamina C, antioxidantes e desintoxicantes.

Talvez não saiba mas 90% da composição do tomate é água, o que o converte em um alimento ideal para evitar a fadiga muscular. As verduras de folhas verdes são ricas em ferro e zinco e oxigenam o nosso organismo, assim como o alho e a cebola (o alho, além disso, tem propriedades anti-inflamatórias).

Combine o exercício com uma boa alimentação rica em sementes de abóbora, amêndoas ou frutos secos no geral, para conseguir um rendimento perfeito.

Como evitar a fadiga muscular - Passo 6

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como evitar a fadiga muscular, recomendamos que entre na nossa categoria de Fitness.

Escrever comentário sobre Como evitar a fadiga muscular

O que lhe pareceu o artigo?

Como evitar a fadiga muscular
1 de 6
Como evitar a fadiga muscular

Voltar ao topo da página